Feeds:
Posts
Comentários

Archive for abril \06\UTC 2008

Primeira lei de Ohm

George Simon Ohm (cientista) verificou que, mantida a temperatura constante, a tensão e a intensidade de uma corrente são diretamente proporcionais.

U=R*I

A resistência é igual a tensão sobre a intensidade da corrente.

R=U/I

Sob temperatura constante, a intensidade da corrente, que circula por um condutor é diretamente proporcionais à tensão elétrica (diferença de potencial) aplicada e inversamente proporcional à sua resistência elétrica.

I=U/R

 

Segunda lei de Ohm

Esta lei relaciona as características do resistor com sua resistência para uma dada temperatura.

A resistência (R) é diretamente proporcional ao comprimento (L) e inversamente proporcional à área (A).

R= p.L/A

Quanto maior o comprimento de um resistor, maior a sua resistência elétrica.

Anúncios

Read Full Post »

Corrente elétrica

Corrente elétrica é o movimento ordenado, conhecido como fluxo de elétrons, através de um condutor quando existe uma diferença de potencial entre as extremidades desse condutor elétrico.

Existem dois tipos de corrente: a corrente alternada e a corrente contínua.

Corrente contínua: a intensidade e o sentido da corrente se mantêm constantes no decorrer do tempo.

Já na corrente alternada: a intensidade e o sentido da corrente variam periodicamente. Ex: corrente elétrica de nossas casas.

 

Força eletromotriz

As cargas elétricas se movimentam quando uma força extrena é aplicada sobre elas. A esta força chamamos de força eletromotriz.

 

Choque elétrico

O choque elétrico ocorre quando uma pessoa fica sujeita a uma corrente elétrica atravessando seu corpo.

 

Amperímetro

O amperímetro é um instrumento para medir corrente elétrica. O amperímetro ideal é aquele que possui resistência interna igual a zero, pois dessa forma o aparelho não influirá no circuito que está sendo medido.

 

Fusíveis

Os fusíveis, em uma rede elétrica, têm a função de evitar um aquecimento muito grande dos fios e dos aparelhos da instalação elétrica. Os condutores-fusíveis são feitos de material com baixa temperatura de fusão e envolvidos por material isolante e não-inflamável. Conforme a corrente aumenta, o material condutor acaba fundindo-se quando a corrente alcança uma intensidade maior que a máxima permitida. Isto interrompe o circuito e não deixa que danos maiores ocorram.

Read Full Post »

« Newer Posts